A Historia do Buda

O Velho Caminho, Nuvens Brancas Seguindo as pegadas do BudaPágina: 456Livro Ilustrado por:Emílio Maximiano Burgos
BUDA - O FILME
Em 22 de maio de 2006, em Cannes, foi assinado o contrato que possibilitará a filmagem “hollywoodiana” da vida do Buda Shakiamuni, com lançamento mundial previsto para 2008. Tudo leva a crer tratar-se da maior obra cinematográfica jamais produzida em torno da vida de um ser humano. O filme será baseado no best-seller internacional de Thich Nhat Hanh, “Old Path White Clouds” – um milhão de exemplares vendidos só nos EUA, isso sem toda a publicidade que, naturalmente, cercará o lançamento, quando estiver em cartaz – considerado o melhor livro já escrito sobre a vida e os ensinamentos do Buda. Neste momento, o filme está em processo de preparação do roteiro, com a supervisão direta do autor, e terá o título adaptado para “Buddha” (“Buda”). O projeto recebeu as bênçãos de S.S. o Dalai Lama, que juntamente com Thich Nhat Hanh, examinou o mérito da produção em todos os seus detalhes. Até agora, os produtores executivos escolhidos para o filme são Michel Shane e Anthony Romano (“Eu Robô” e “Pegue-me se for capaz”). Seus idealizadores e apoiadores (foram doados cento e vinte milhões de dólares!) especialmente o milionário indiano, Dr. Bhupendra Kumar Modi – que afirma ter tido sua vida transformada pela leitura da obra, por isso seu desejo de que mais pessoas sejam beneficiadas –, confiam no pleno sucesso. Thich Nhat Hanh doou para entidades que cuidam de crianças órfãs e menores abandonados, todos os seus direitos sobre filme e livro, fazendo a única exigência de que as pessoas envolvidas de alguma forma no projeto, atores, diretores, etc., passem por duas semanas em contato direto com a vida monástica de Plumm Village (França). No Brasil, os direitos sobre as 600 páginas da magnífica obra foram reservados e destinados à Editora Bodigaya, que já os havia solicitado há quase dez anos, sendo a primeira editora nacional a reconhecer o valor inestimável do texto. Teremos a imensa honra, portanto, de traduzir e publicar fielmente o texto original, na íntegra, para o público brasileiro. É, um trabalho de “fôlego”, muito além da capacidade financeira e estrutural da Editora Bodigaya. Nosso editor, Enio Burgos, ao considerar tais dificuldades, declarou: “Os Budas sabem o que fazem. Se nos confiaram tal tarefa, na verdade, um desafio maravilhoso, é nosso dever buscar meios para cumpri-lo dignamente. Que os Budas nos ajudem...”. As pessoas que acharem por bem auxiliar na publicação do livro, podem adquirir exemplares antecipadamente através do site www.bodigaya.com.br. Naturalmente, donativos seriam muito bem-vindos. As pessoas que se dispuserem a auxiliar, podem depositar sua contribuição na conta da Ed. Bodigaya, no Banco do Brasil, Ag: 0180-5, cc: 6367-3. Do fundo do coração, somos imensamente gratos pela ajuda inestimável.

Um comentário:

Janete Mengue disse...

ISTO, ISTO, MIL VEZES ISTO!